Origens
Em Portugal, o futebol teve origem em duas cidades diferentes, ao que parece sem ligação entre si.
Em Lisboa, Guilherme Ferreira Pinto Basto foi o maior dinamizador do desporto, fascinado pelas bolas e equipamentos que os seus irmãos trouxeram de Inglaterra quando regressaram dos seus estudos. Lançou a moda, realizou o primeiro jogo em Portugal em Outubro de 1888, em Cascais, e difundiu-o junto da mais importante aristocracia da época. Em 1889, foi o maior dinamizador do Club Lisbonense; em 1903, criou o Grupo dos Pinto Basto, e, em Dezembro de 1905, fundou o Club Internacional.
Paralelamente, outros ingleses iam introduzindo grupos de futebol em Portugal; os funcionários que estavam a trabalhar no cabo submarino telefónico, em Carcavelos, ou os funcionários de uma fábrica de tecidos no Porto, a Fábrica Graham, na Avenida da Boavista (The Boavista Footballers), que mais tarde daria origem ao Boavista FC.
Mas, curiosamente, os clubes mais importantes de hoje correspondem aos mais antigos que se formaram em Portugal. Através da influência de Guilherme Pinto Basto e do envolvimento do próprio rei (D.Carlos) ao assistir e patrocinar desafios de futebol, muito tinha evoluido a modalidade junto da aristocracia.
Os filhos dos nobres jogavam futebol em Cascais durante o Verão e continuavam os matches em Belas e em Sintra nos meses de Setembro, e em Lisboa durante o resto do ano, já que a aristocracia acompanhava o rei e toda a corte nas suas deslocações.
Os mais velhos, os Pinto Basto e os da sua idade, formavam o Club Lisbonense e não deixavam jogar os "miúdos". Por isso, em Junho de 1902, estes decidiram também formar um grupo de futebol em Belas. E por iniciativa do jovem Francisco da Ponte e Horta Gavazzo e do seu irmão José Maria foi fundado o Sport Club de Belas, do qual faziam também parte outros jovens aristocratas. Este clube, primeiro antecessor do S.C.P., realizou apenas um jogo de futebol, mas não sem ter a honra da presença do rei e da familia real. Depois, acabado o Verão e regressados a Lisboa, não voltaram mais a encontrar-se.
Dois anos depois, porque afinal todos residiam na zona do Campo Grande, decidiram refazer a ideia do grupo de futebol, então com a nova designação de Campo Grande Football Club. Além dos irmãos Gavazzo, foram principais dinamizadores José Alvalade e José Stromp. O campo era na quinta do visconde de Alvalade, a sede numa dependência da casa de Francisco Gavazzo e para presidente da direcção nomearam, a titulo honorifico, o próprio visconde de Alvalade.
Durante dois anos, este clube desenvolveu intensa actividade em jogos de futebol, ténis, esgrima, corridas, saltos, mas sobretudo em grandes reuniões dançantes. Por isso, durante um dos grandes piqueniques que realizou, levantou-se grande polémica acerca dos destinos do clube: uma facção defendia que o clube se dedicasse apenas ao desporto e a outra apenas à organização de festas. Marcaram uma assembleia geral para o dia seguinte.
Nessa assembleia, depois de grande burburinho de gestos e palavras, José Gavazzo pediu a demissão, seguido de mais dezassete dissidentes e de José Alvalade, que declarou: «Vou ter com meu avô e ele me dará dinheiro para fazer outro clube.»
Assim aconteceu. O novo clube, o Campo Grande Sporting Clube, nomeou o visconde de Alvalade seu "sócio protector" e presidente da direcção, o qual, ao tomar posse, fez a declaração considerada histórica: «Queremos que o Sporting seja um grande clube, tão grande como os maiores da Europa.»
O campo de jogos era nos terrenos do visconde de Alvalade (onde ainda hoje se encontra) e a secretaria funcionava na mansão dos Alvalade. Também se fixou que só os dez sócios fundadores poderiam gerir o clube.
Três meses mais tarde, em 1 de julho de 1906, por sugestão de António Félix da Costa Júnior, foi adoptado o nome de Sporting Club de Portugal.
Alguns anos mais tarde, em 1920 , durante uma assembleia geral e por proposta de Nuno Soares júnior, viria a ser fixada esta data de 1 de Julho de 1906 como a data oficial da fundação do clube. Em boa verdade, a data correcta deveria ser a da criação do Campo Grande Sporting Club (14 de Abril de 1906), ou a do Campo Grande Football Club, que o antecedeu (no inicio de 1904), ou mesmo a do Sport Club de Belas (Junho de 1902), clube que, afinal, deu origem a todos os outros.
Deste modo, o Sporting Club de Portugal estabeleceu como data para a sua fundação aquela em que foi fixado o seu nome actual, e não a data da fundação do clube que lhe deu origem.